Definição de Serviços Mínimos – Acordos de 2017

Acordo celebrado entre o Hospital Distrital da Figueira da Foz, EPE, STSS – Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áres de Diagnóstico e Terapêutica, SINTAP – Sindicato dosTrabalhadores da Administração Pública e o SINDITE – Sindicato dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica  para definição de serviços mínimos e dos meios necessários para os assegurar na greve a ocorrer a partir de 29 junho por tempo indeterminado naquelas empresas. Consulte a ata aqui.


Acordo celebrado entre o CHLN – Centro Hospitalar Lisboa Norte, EPE, HGO – Hospital Garcia  de Orta, EPE e o STSS – Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áres de Diagnóstico e Terapêutica, SINDITE – Sindicato dos Técnicos Superiores de Diagnóstico e Terapêutica  para definição de serviços mínimos e dos meios necessários para os assegurar na greve a ocorrer a partir de 29 junho por tempo indeterminado naquelas empresas. Consulte a ata aqui.


Acordo celebrado entre o CHLN – Centro Hospitalar Lisboa Norte, EPE, HGO – Hospital Garcia  de Orta, EPE e o STSS – Sindicato Nacional dos Técnicos Superiores de Saúde das Áres de Diagnóstico e Terapêutica para definição de serviços mínimos e dos meios necessários para os assegurar na greve a ocorrer nos dias 21 e 22 junho 2017 naquelas empresas. Consulte a ata aqui.


Acordo celebrado entre a VALORSUL – Valorização e Tratamento de Resíduos Sólidos das Regiões de Lisboa e Oeste S.A.  e a SITE/CSRA – Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias  transformadoras, Energia e  das Atividades do Ambiente do Centro Sul e das Regiões Autónomas para definição de serviços mínimos e dos meios necessários para os assegurar na greve a ocorrer nos dias 14 e 16 junho 2017 naquela empresa. Consulte a ata aqui.


Acordo celebrado entre a ETAC – Empresa de Transportes António Cunha, S.A. e a FECTRANS – Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações para definição de serviços mínimos e dos meios necessários para os assegurar na greve a ocorrer nos dias de 8, 9, 18, 19, 25 e 26 de maio de 2017 naquela empresa. Consulte a ata aqui.


Acordo celebrado entre a Infraestruturas de Portugal, S.A. e as associações sindicais APROFER – Associação Sindical dos Profissionais do Comando e Controlo Ferroviário e ASCEF – Associação Sindical das Chefias Intermédias de Exploração Ferroviária para definição de serviços mínimos e dos meios necessários para os assegurar na greve a ocorrer de 13 a 17 de abril de 2017 naquela empresa. Consulte a ata aqui.